duvidas em nosso email

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

MEDIUNIDADE E COMO SABER SE SOU MEDIUN!!!

                                   
         Médium é uma palavra neutra e serve para os dois gêneros. É de origem latina e significa medianeiro, o que está no meio. O médium serve de intermediário entre o mundo físico e o espiritual.
         Deste modo podemos afirmar, sem sombra de dúvida, que todos nós somos médiuns, pois durante nossas vidas teremos alguns sintomas e que sabemos que não são de ordem física. Afinal quem é que nunca viu um vulto diferente, um assovio diferente, algumas pancadas, arrastamento de chinelos, vozes, pesadelos, sonhos, premonições, etc, etc. Só não podemos afirmar que somos médiuns ostensivos, aquele que tem contato com os espíritos. Que sinais são apresentados e que podemos saber que a pessoa é um médium ostensivo?
         Nenhum sinal físico existe que possa dizer que esta ou aquela pessoa é um médium ostensivo. Ninguém veio marcado para isto. É um dom natural que vem com a pessoa, pela escolha que esta pessoa fez na espiritualidade.
         Alguns sintomas indicam que a pessoa pode ter mediunidade. Os mais comuns são: suor excessivo nas mãos e axilas, maçãs do rosto muito vermelhas e quentes, as orelhas ardem, depressão psíquica e instabilidade emocional, melancolia, distúrbios de sono, ou em excesso, ou insônia; perda do equilíbrio do corpo, sensação de desmaio iminente, súbita aceleração dos batimentos cardíacos(taquicardia), fobia e medo de quase tudo, sensação de insegurança. Mas tudo isso vai se estabilizando e desaparecendo conforme o médium canaliza de forma mais adequada suas faculdades psíquicas com muito estudo, trabalho e disciplina.
         Outros sinais podem surgir como: sensação de presenças invisíveis; sono profundo demais, desmaios e síncopes inexplicáveis; sensações ou idéias estranhas, mudanças repentinas de humor, crises de choro; Ballonement (sensação de inchar, dilatar) nas mãos, pés ou em todo o corpo, como resultado do desdobramento perispiritual; adormecimento ou formigamento nos braços e pernas; arrepios como os de frio, tremores, calor, palpitações.
         Uma das tarefas mais complexas para o médium novato é conseguir discernir as influências que atuam em sua psiquê. Não se questiona mais o fato de que o ser humano sofre interferências de todos os elementos que compõem o universo, e isso inclui as formas pensamento de outros seres. De uma maneira ou de outra, todos os seres humanos são, em maior ou menor grau de intensidade, médiuns por natureza. Às vezes, a pessoa escreve uma mensagem e não sabe se veio dela mesmo, de seu mentor ou de outro espírito. Não tem certeza se foi inspiração ou psicografia. Às vezes pode até alterar o texto que está recebendo de um espírito.
        Algumas vezes, ao eclodir a mediunidade, a pessoa costuma dar sinais de sofrimento, perturbação, desequilíbrio. Se a pessoa    se     perturba ante as manifestações mediúnicas é por sua falta de equilíbrio emocional e por sua ignorância do que seja a mediunidade, ou porque está sob a ação de espíritos ignorantes, sofredores ou maus. A pessoa que possui tais problemas precisa ser ajudada até se equilibrar psiquicamente através de passes, vibrações, esclarecimentos doutrinários. Também deve fazer uma consulta médica. Só depois, bem mais tarde, ir para uma mesa mediúnica.
         Para o desenvolvimento mediúnico, somente deve ser encaminhado quem esteja equilibrado e doutrinariamente esclarecido e conscientizado.
         A mediunidade ostensiva pode ser percebida quando:
a)houver comprovada vidência ou audição no plano espiritual;
b)se dá o transe psicofônico (falante ) ou psicográfico (escrevente);
c)há produção de efeitos físicos – sonoros, luminosos, deslocação de objetos, desdobramentos, etc.
         Mas na verdade, nenhum destes fenômenos, podem dizer claramente que a pessoa pode ser um médium ostensivo. Como descobrir então? Somente com o estudo e a prática da mediunidade. Por este motivo temos os desenvolvimentos mediúnicos em quase todos os centros espíritas. Como se caracteriza esse desenvolvimento? Pelo estudo das obras de Kardec e outras similares e da prática. A pessoa deve ir praticando as diversas modalidades de mediunidade: Psicofonia, psicografia, vidência, transporte, desdobramentos, sempre acompanhado de pessoas experientes nestas áreas. A pessoa pode desenvolver uma destas modalidades com facilidade, algumas, apenas pequenos vestígios de uma ou de outra e outras pessoas nada conseguem. Seu trabalho ficará perdido? Claro que não. Ele não imagina a ajuda que deu aos espíritos inferiores que vieram receber as energias de que precisam para se melhorar. Ser médium é fazer a maior das caridades: a pessoa está doando seu próprio corpo em auxilio de muitos necessitados.
         Se a pessoa descobrir que é um médium escrevente – deve praticar esta modalidade com mais afinco, pois este é o seu tipo, assim como os que se desenvolverem mais para a psicofonia, a vidência, etc.
                            

                                            

                                     É muito comum no inicio das incorporações, quando a gente está ansioso, com medo , curioso e inseguro para saber quem são nossas entidades, como trabalharam, nomes, etc… Todos nós médiuns já passamos por isso…..Quando há as incorporações o médium fica mais que atento a qualquer palavra que saia de sua boca “se eu falando ou a entidades, o que vai acontecer agora, o que ele tá fazendo” ….. tudo isso faz parte do ínicio, pois ser consciente é perfeitamente normal e não é sinal de “falta de firmeza, ou imaturidade nas incorporações, ou fraqueza do médium.
E é nessa fase onde o médium atua muito junto com a entidade, por sua participação , ‘interatividade” que é peculiar nesse ínicio, ocorre maior incidência de uma interferência do médium , sobrepondo a da entidade.
Porém, com o passar do tempo, o médium vai ganhando confiança, vai aprendendo a ficar mais alheio das manifestações da entidades, pois para ele não terá mais mistérios e se reservará da total abstenção de qualquer tipo de interferência, inclusive de sua própria opinião do que a entidade deveria agir, falar ou conduzir numa consulta.
Muitas pessoas desistem no inicio, por não aceitar sua consciência e não conseguir trabalhar psicologicamente essa questão e achar que é ele ali e não a entidade. De não insistir e entender que as incorporações vão se firmando com o tempo. Pois nossa forma de trabalhar mediúnicamente é muitíssimo diferente de Candomblé e Espíritismo. E para a Umbanda a afinidade e sintônia nas incorporações é de fato, mais demorada. E nesse processo de ajustes, equalizações e estabelecer uma sintonia satisfatória , o médium deve entender que haverá sim erros, o seu sobrepor a propria entidade, o animismo, porque faz parte desses ajustes. Por isso o médium não deve ser pemitido ao estarem sob influência das entidades; beber, fumar e principalmente, dar consultas e atender o público, quando essa sintonia não se estabelecer de fato, avaliado pelo dirigente e guias chefes da casa.
Nao é que não podem ….. é normal as entidades não darem nomes de suas falanges no ínicio, pois o médium ainda não está preparado mediúnicamente falando … demora-se um tempo para estabelecer uma sincrônia entre a faixa vibratória da entidade com a do medium e somente quando houver harmonia, e com menos risco de animismos por parte do médium, é que elas trazem sua falange.
Antes de tudo cada guia que incorpora é único, cada um é um espírito em particular, com seu jeito de agir e pensar. O nome de que se utilizam é apenas um indicativo da forma que trabalham de sua linha e irradiação. Por isso podemos ter vários espíritos trabalhando com o mesmo nome, sem que sejam por isso um só espírito.É como ser um médico, engenheiro, etc… Todos possuem um conhecimento comum, além do conhecimento individual. E isso faz com que trabalhem de forma diferente, mas seguindo a mesma linha geral. A mesma coisa acontece com nossos guias, então é comum escutar:- Como é o Caboclo X?- Me conte a estória do Preto Velho Y- Como é o ponto riscado do Exú Z?
Isso pode ocasionar vários promelhas no início do desenvolvimento, o médium lê uma descrição de que o Caboclo Y fuma. E ele fica com “isso” na cabeça, assim que chega no momento de trabalhar com o seu guia o Caboclo Y (também) ele pede um charuto, e aparti daí fica mais difícil de romper essa barreira anímica criada pelo médium.
Ou então o médium lê que o Exu Z quando incorpora ajoelha no chão, aí pensa, “nossa o que eu incorporo não ajoelha!!!” e começa a se sentir inseguro quanto a manifestação do seu guia, podendo com isso atrapalhar o seu desenvolvimento.
Pra resumir, a melhor forma de conhecer seu guia e através do tempo, do desenvolvimento e do trabalho com ele, assim pouco a pouco você vai se interando de como ele é, como gosta de trabalhar, etc.

        

19 comentários:

  1. BOM DE MAIIIIIIIIIIIIS

    ResponderExcluir
  2. tenho uma duvida, a mediunidade vai florecendo de acordo a um tempo. então quem souber por alguma entidade de confiança que é mediun pode ficar tranquilo e esperar o que tiver de acontecer ou tem que fazer algo para despesta sua mediunidade??

    ResponderExcluir
  3. OLHA ADOREI ESSA EXPLICAÇAO MAIS AGENTE DEVE CONFIAR EM BUZIOS PAI DE SANTOS QUE FALA QUE EU QUE SOU FILHO DE IANSA COM OXOSSI IANSA COM XANGO IEMANJA COM OXOSSI ISSO ME DEIXA MALUCO

    ResponderExcluir
  4. olha eu descobri q sou medium tenho medo nao vou mentir mais isso e um dom querendo ou nao ele e seu...e sim acredito nisso!!!!só e dificil lhe da cm isso....

    ResponderExcluir
  5. eu sou médium tbm, sei disso pois minha avó é de umbanda. Eu amo a umbanda gosto mi=uito msm. mas teno varias duvidas quanto a incorporação. Como a entidade exerce a sua vontade sobre determinado corpo sendo que estamos conscientes? agente age de acordo com as'ordens' que a entidade é e temos controle sobre o osso corpo? ou apenas temos flashbacks de quando estavamos encorporados? /è a entidade que movimenta o nosso corpo? por favor me ajudem.
    Meu e-mail é pamelalopesribeiro@live.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, existem médiuns, consciente= se lembram, semi-inconsientes= se lembram parcialmente e inconscientes= não se lembram de nada, varia de meduim para medim.

      Luciano
      santana-l@hotmail.com

      Excluir
  6. É normal quem é medium sentir um formigamento na cabeça?

    ResponderExcluir
  7. Eu sinto formigamento nos braços e no nariz, já sonhei com acidente de pessoas que eu conheço, não falei pra ninguém, horas depois recebi a noticia que o acidente aconteceu, fora outros fatos estranhos que já aconteceram, será que eu possuo mediunidade?

    ResponderExcluir
  8. SOU UMA MÉDIUM DESDE OS 7 ANOS DE IDADE, COMECEI A TER VISÕES E PREMUNIÇÃO, HOJE TRABALHO NUM CENTRO ESPIRITA UMBANDISTA E ME SINTO MARAVILHOSAMENTE BEM, SOU FILHA DE OXALUFAN COM IANSÃ , NÃO CULTUAMOS MATANÇA POIS DEUS CRIOU OS ANIMAIS PRA SEREM LIVRES E NÃO PRA SER SACRIFICADO, O QUE FAZEMOS É AJUDAR QUEM PRECISA DE PAZ ESPIRITUAL DAMOS LUZ A QUEM TÁ NA ESCURIDÃO!!

    ResponderExcluir
  9. Eu gostaria de saber,quais são os sintomas, dos médiuns escreventes ou psicográficos?

    ResponderExcluir
  10. Caros irmãos de Fé! Peço à todos que tenham paciência, tranquilidade, elevando sempre o pensamento o nosso criador do céu e da terra, Acredite, acredite e acredite na quilo que é seu, Faça suas orações, faça firmeza para o seu anjo guardião, e deixe correr, como corre a água do riacho para o encontro do mar a energia que os rodeiam, Se sente arrepios, houve vozes, porque não conversar com quem esta querendo se comunicar espiritualmente? Isso se faz mentalmente sem ninguém perceber. Não fiquem aflitos porque o nosso querido e bondoso Pai Oxalá e o nosso humilde Senhor do Bonfim, esta sempre conosco. Fiquem com as bençãos de Mamãe Oxu, e que os setes Orixás os cobrem com imensa luz de sabedoria para o bem e a caridade. Oxalá, saravá meu pai!

    ResponderExcluir
  11. só eu que tô assustada ?
    :o super massa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. n eu tmb pq eu sou um e nem sabia

      Excluir
  12. como sei que sou medium
    o pai de santo disse que sou medium mas como vou saber se ele nao ta mentido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos todos médiuns, vai de vc querer ou não praticá-la, não é nada fácil, porém gratificante !

      Excluir
  13. olá, então tive uma experiência fora do corpo ou desdobramento espiritual (projeção astral) mas antes disso eu estava reafirmando minhas certezas, colocando tudo de volta no seu devido lugar em minha vida, estava meio angustiado e triste, cheguei em casa , tomei um banho nem se quer jantei, fui para o quarto e me deitei na parte de cima da beliche, com tantos pensamentos circulando em minha mente , de alguma forma eu tentei tira-los da minha mente, eu estava acordado, mas com os olhos fechados e relaxei, depois de uma hrs não sei definir bem o horário, eu pude perceber que tinha alguém ou algo iluminado meus olhos, imagine vc com os olhos fechados e o clarão de luz sendo irradiado diretamente em suas palpebras, achei estranho e ouvi o interropitor de luz ligar e desligar, tic-tac, tic tac, e achei estranho, de repente uma voz masculina gritou meu nome, senti que a voz era bastante alta a ponto de me asustar e na hora do susto eu levantei e fiquei sentado na cama, mas, eu me assustei e sai do corpo fisico e fique sentado sobre mim mesmo, uma sensação diferente até eu sentir a presença de alguém no quarto atras da beliche , não pude perceber ou sintonizar a energia se era boa ou ruim, mas tomado pelo medo do desconhecido eu forcei a minha volta, e subitamente voltei ao corpo com o coração a mil, se puder me explicar o que era isso? ou o que ?e porque? isso acontecer comigo? eu agradeço desde já, muito Obrigado! PAZ...

    ResponderExcluir
  14. a vida é um desafio e estamos aqui para evoluir! É incrível a sensação de estarmos conectados uns com os outros,eu sinto que tem uma energia fluindo no ar e que podemos sentir ou até mesmo captar as energias dos pensamentos das pessoas, estou postando esse comentário mais para desabafar do que penso sobre a vida e a evolução dos seres, por mais que busco uma explicação sobre o sentido da vida sempre acabo chegando no plano espiritual e na questão da reencarnação, já tive experiências de sair do meu corpo e me vi no reflexo do vidro da janela do quarto gostei muito da sensação kkk,sempre ouvi uma voz dentro de mim me falando para fazer ou não algo sinto que é meu anjo protetor que sempre me acompanha, as vezes me pego falando em outras línguas e não sei oque estou falando nem ao menos se são idiomas de fato quando canto em outras línguas é muito bom me dá uma sensação de muita paz, e quando falo me dá uma sensação de força como se estivesse recebendo energias para enfrentar uma batalha que virá pela frente, então sei que irei vencer daí nem ligo pra nenhuma provação que passo sei que é pro meu desenvolvimento espiritual, penso que não podemos ter todas as respostas para o sentido da vida nem para o mundo espiritual porque se soubéssemos exatamente como funciona e como será nossa evolução e que não devemos temer a vida e nem os seus desafios porque tudo é plano de Deus para nosso desenvolvimento e purificação, as vezes as pessoas viveriam de maneira relaxada e sem a preocupação de viver corretamente ou não, então quando nascemos em meio aos céticos muito provável seremos céticos e quando nascemos em meio aos evangelistas certamente seremos iguais, oque estou querendo dizer é que estamos exatamente onde devemos estar, cada um de nós nascemos onde o plano de Deus quis que nascêssemos, e no decorrer de nossa vida iremos evoluir em áreas diferentes em que não evoluirmos em outras vidas, em questão a mediunidade deixa o rio da vida fluir e não fiquem aflitos se são ou não médiuns, no momento exato irão ter que evoluir essa área em sua vida seja nessa vida ou na outra mais vão evoluir um dia em todas as áreas afim de serem seres perfeitos assim como o Pai vos criou! meu nome é Rafael e esse é só um desabafo sobre oque sinto e penso,espero que ajude alguém a se encontrar ou que possam refletir como é linda nossa existência no universo, abraço a todos!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir